PROBLEMAS PARA BAIXAR- SIGA ABAIXO ORIENTAÇÕES

QUANDO ABRIR O BOX, CLICAR EM BAIXAR OUDOWNLOAD


MAS SE CLICANDO NÃO BAIXAR SIGA AS ORIENTAÇÕES ABAIXO:




ISSO, SÓ SE TIVER PROBLEMA, OU SE QUISER BAIXAR EM PDF



CASO TENHA PROBLEMA, POIS NÃO SEI O QUE ACONTECE COM O BOX QUE TEM LIVROS QUE CLICA NO BAIXAR E NÃO BAIXA, SIGA OS PASSOS ABAIXO:


O LIVRO BAIXARÁ EM PDF



QUANDO ABRIR O BOX CLICAR COMO SE FOSSE VERSÃO PARA IMPRIMIR ABAIXO



VAI FICAR ASSIM, COMO ABAIXO, É SÓ CLICAR NA IMAGEM DO DISKET E IRÁ BAIXAR COMO PDF





SE O LIVRO JÁ ESTIVER EM PDF, E VOCÊ FAZER ESSE PROCEDIMENTO, O SEU PC TALVEZ NÃO O LEIA. MAS É SÓ ABRIR O ARQUIVO E ELE VAI PEDIR PARA VC ESCOLHER O PROGRAMA, VC ESCOLHE ADOBE READER, E PRONTO, ELE VAI ABRIR EM PDF


SÉRIE CLUBE Q VIRTUS


Poder & Atração

Clube Q Virtus




Uma virgem na cova dos leões...

Na mesa de aposta do exclusivo clube Q Virtus, o bilionário Narciso Valentino está perto de destruir seu inimigo. Porém, basta um olhar na direção da hostess designada a suprir suas vontades, para fazê-lo adiar o tão desejado momento de glória... A talentosa chef Ruby Trevelli precisa convencer Narciso a salvar sua empresa, mas isso não significa entregar a ele a inocência. 

Por trás da fachada sedutora de Narciso existe a alma torturada de um homem que acredita não ser digno de redenção. Ruby logo enfrentará o maior desafio de sua vida, e também a mais profunda tentação!

Capítulo Um

Nova York
Narciso Valentino fitou a caixa que lhe fora entregue. Era grande e do mais caro e melhor couro, entremeada por uma cordinha de veludo e um fecho no formato de ferradura de ouro maciço de 24 quilates.
Em geral, tal visão o deixaria animado e contente.
Contudo, o tédio se instalara em sua vida desde que completara 30 anos no mês anterior, afastando as emoções agradáveis à medida que a bolsa de valores caía após um profundo desastre.
Lucia, sua mais recente namorada, um pouco antes de sair de sua vida duas semanas atrás, o acusara de estar se transformando em um velho maçante.
Narciso se permitiu um sorriso de alívio. Celebrara o fim do namoro com dois dias entre amigos homens em Aspen onde se consolara com uma instrutora de esqui norueguesa muito entusiasmada.
Porém, logo o vazio retornara.
Deixando a escrivaninha, caminhou para a janela no setuagésimo andar do escritório em Wall Street, e fitou a linha do horizonte de Nova York.
A satisfação o invadiu ao pensar que possuía uma larga fatia daquela cidade.
Dinheiro era algo sensual. Dinheiro era poder. E o Bruxo de Wall Street... Como os jornais haviam resolvido chamá-lo... Jamais se negava o luxo do poder e do sexo.
E a oportunidade de usufruir as duas coisas de sua predileção estava dentro da caixa sobre a escrivaninha.
Entretanto, ele não a abrira ainda...
Afastando a letargia, retornou bruscamente para a caixa e pressionou o fecho.
A meia máscara que viu sobre cetim negro era uma obra de arte. De prata pura com bordas em ônix negro e cristais Swarovski, seu desenho intrincado e detalhes impecáveis deixavam perceber o cuidado com que fora confeccionada. Narciso apreciava o esmero e a atenção. Fora isso que o tornara um milionário aos 18 anos e um multimilionário aos 25.
Sua enorme fortuna também lhe permitira ser admitido no Q Virtus, o clube predominantemente masculino mais exclusivo do mundo, e cuja reunião trimestral era o motivo da máscara. Dois alfinetes com cabeça de diamantes e dez centímetros de comprimento mantinham a máscara presa no lugar. Narciso os retirou, ergueu o objeto e examinou a parte interna de veludo com o micro chip de segurança, seu apelido escrito... O Bruxo... E o endereço do Q Virtus em Macau. Deslizou o polegar sobre a superfície macia, esforçando-se para sentir um pouco de entusiasmo. Fracassando totalmente, recolocou a máscara na caixa e dirigiu sua atenção para o segundo item ali dentro.
A Lista.
Zeus, o diretor anônimo do Q Virtus, sempre providenciava para os sócios do clube uma discreta lista de interesse comercial sobre as personalidades que compareceriam às reuniões. Narciso preferira não comparecer às duas últimas porque já entrara em contato com os principais nomes daquelas listas.
Seu olhar percorreu o papel com letras em relevo, e prendeu a respiração. Uma animação diferente e perigosa o dominou quando o quarto nome da lista pulou diante de seus olhos.
Giacomo Valentino... Papai querido.
Checou os demais nomes a fim de saber se haveria motivo para comparecer.
Curvou os lábios. A quem desejava enganar?
Um nome e apenas um se tornara o fator decisivo.
Viu um ou dois nomes de interesse comercial que mereceriam ser cultivados nos dois dias do evento, porém era com Giacomo que desejava interagir.



Sedução Total


Série Clube Q Virtus






“Farei uma oferta que não poderá recusar!"

Tiffany Davis dá o seu primeiro passo em direção ao exclusivo baile de máscaras organizado pelo clube secreto Q Virtus. Usando um disfarce, ela pode esconder as cicatrizes e revelar sua verdadeira identidade — uma poderosa mulher de negócios com a oferta certa para Ryzard Vrbancic, presidente da Bregnovia. 
Encantado pela audácia dela, Ryzard fica ainda mais hipnotizado pelas chamas nos olhos de Tiffany. A proposta não o atrai, porém, encontrar alguém com tamanha determinação o deixa ávido para conquistar o que não está sendo oferecido...

Capítulo Um

Tiffany Davis fingiu não ligar para o olhar severo que o irmão e o pai lhe lançaram ao entrar no escritório da família. Não era fácil permitir que as pessoas que amava criticassem se usara ou não maquiagem suficiente nas cicatrizes. Às vezes, tinha ímpetos de atirar a embalagem com o líquido bege na lata de lixo e gritar: Pronto! Agora é assim que sou. Vivam com essa realidade.
Contudo, o irmão a salvara puxando-a do carro em chamas. Já se sentia culpado o suficiente por tê-la colocado lá dentro, ainda lastimava a perda de seu melhor amigo e noivo de Tiffany, e tudo o que ela perdera. Tiffany não precisava jogar sal nas suas feridas.
Boa menina, Tiff. Fique engolindo as palavras que gostaria realmente de dizer. Não foram elas que a fizeram passar pelos enxertos de pele.
Parou de supetão e suspirou, pensando que talvez já fosse hora de fazer outra visita ao médico de loucos se estava ruminando tal diálogo interior, porém, o modo brusco como deixou o ar escapar dos pulmões fez os dois homens se imobilizar. Isso lhe deu vontade de praguejar em voz alta.
Agora andava zangada o tempo todo. Ela mesma tinha dificuldade em lidar com isso, então não podia culpar os outros por reagir com tensão. Porém, se irritava ainda mais.
— Sim? — Cerrou os dentes e sorriu de modo contido, tentando manter o pouco de paciência que ainda lhe restava.
— Diga você. O que é isto? — Christian manteve os braços cruzados enquanto acenava na direção da grande caixa aberta sobre a escrivaninha do pai, a tampa exibindo o logotipo de uma empresa internacional de remessas, e o conteúdo parecendo uma tentativa taxidermista de cruzar um corvo com um pavão.
— É o boá de plumas que pediu no Natal passado? — Piada fraca, sem dúvida, porém, nenhum dos homens sequer piscou. Ficaram apenas olhando para Tiffany como dois intrometidos.
— Fale sério, Tiff — disse Christian. — A máscara é para você. Vai em meu lugar.
Ela sentiu uma garra de aço apertar suas entranhas e provocar claustrofobia. Um ano usando máscara a fizera desejar nunca mais sentir aquela coisa sobre o rosto outra vez.
— Não sei do que estão falando — murmurou.
O gelo em sua voz fez os dois homens franzirem a boca. Por que tudo isso precisava ser tão difícil? Os melindres entre ela e a família eram palpáveis a cada minuto do dia. Caso fosse ríspida, os outros ficavam na defensiva. Caso se mostrasse um pouquinho vulnerável, todos se tornavam tão protetores que Tiffany mal conseguia respirar.
Eles quase a tinham perdido, Tiffany sabia que a amavam e ainda se preocupavam consigo. Não descansariam até que ela voltasse ao normal, porém ela jamais seria normal de novo, o que tornava a situação impossível.
— Aonde pensam que quero ir? — perguntou ela do modo mais calmo possível.
— Q Virtus — respondeu o pai, como se essas palavras dispensassem maiores explicações.
Ela balançou a cabeça e deu de ombros, ainda confusa. Será que não percebiam que ela estava no meio de um negócio de quinhentos milhões de dólares? Tiffany não desfrutava de muita vida particular, mas agora tinha um trabalho. E como isso envolvia uma empresa multimilionária, tentava fazer o melhor possível.
— Ryzard Vrbancic — disse Christian.
— Pedimos para encontrá-lo.
As peças do quebra-cabeça se encaixaram. Q Virtus era o clube exclusivo do qual Paulie costumava falar.
— Conhecer um líder de fachada em uma festa rave? Por quê? O sujeito é um déspota.
— Bregnovia pede para ser reconhecida na ONU. Agora é um país democrata.
Ela bufou incrédula.
— Então quer dizer que o mundo inteiro está ignorando o fato de que ele roubou o dinheiro do último ditador do país e comprou para si a presidência? Muito bem.



A Ira dos Deuses


Série Clube Q Virtus

LIVROS            MEO




"Irei aniquilar o seu mundo. Assim como você destruiu o meu."

Por mais de uma década, Nicandro Carvalho, herdeiro de um império de diamantes, era movido apenas por um propósito: infiltrar-se no prestigiado clube Q Virtus para destruir o lugar e também o líder, Zeus. Mas ele ignorava que Olympia Merisi, filha do inimigo, assumira o comando. 
Ela tem motivos particulares para querer Nicandro por perto. 
Mas o que poderá acontecer se perderem de vista seus objetivos e permitirem que negócios e desejo se misturem?

Capítulo Um

Dizem que não se pode planejar um furacão.
Nicandro Carvalho podia causar uma devastação com um sorriso. E depois de dez anos de planejamento, estava pronto para disseminar o caos.
Zeus; aniquilarei seu mundo. Como você destruiu o meu.
O Barattza, em Zanzibar, luxuoso espaço destinado à reunião trimestral do Q Virtus no fim de semana, era quente e tão úmido que sua camisa branca colou-se ao corpo como uma segunda pele e o suor escorria sob a máscara. Entretanto, caminhou a passos largos entre a elite de bilionários, ao lado da recepcionista, uma morena com um vestido vermelho colante, seu passe para o covil de Zeus.
Permitido olhar; proibido tocar, era a regra capital.
Até parece que Nicandro seguia regras. Regras é para idiotas, como sua mãe diria, embora sua voz agora não passasse de um eco distante.
Recebeu vários cumprimentos aos quais respondeu com acenos ou um distraído, boa-noite.
Seguia com passo decidido, desde quando, ainda um menino assustado de dezessete anos, embarcara escondido, em um navio cargueiro no Rio com destino a Nova York. Não hesitara em forjar nova identidade para esconder o seu passado, emergindo como Nicandro Carvalho, que tinha aberto mão do orgulho nas ruas do Brooklyn para depois recuperá-lo trabalhando no setor de construção para ter um teto.
Não vacilara ao comprar sua primeira propriedade, depois outra, ao longo de infinitos e assustadores anos, e ganhar suficiente dinheiro para trazer o avô do Brasil.
A determinação o havia premiado com incrível poder e fortuna, até ser aceito como sócio do Q Virtus, onde seu único propósito era infiltrar-se e implodi-lo.
Levara dez anos para conceber o plano de reescrever a história e retomar o Império Santos, legado que lhe tinha sido roubado, junto com os pais.
Nic calou os pensamentos sem piedade, como agia com tudo. Caso contrário, o muro de ódio, que corroia suas entranhas como uma entidade viva, certamente desabaria.
— Oi, Nic. Qual o motivo da pressa?
Desta vez ele se voltou e viu Narciso, seu amigo, de smoking, encostado ao bar principal com um copo de uísque na mão e a metade superior do rosto oculta por uma máscara dourada que parecia uma coroa de louros.
Nic relaxou e abriu um sorriso.
— Imperador Narciso. Meu Deus, de onde tiraram isso?
— Não faço idéia, mas posso garantir que estou me sentindo no topo do mundo.
— Claro. Que tal o baile?
Narciso abriu um sorriso enorme diante de tamanho cinismo.
Máscaras detestáveis. Requisito para garantir algum anonimato apenas irritava Nic ao extremo, como tudo referente ao Q Virtus, um clube para a elite de propriedade de um desprezível canalha e assassino. Mas não por muito tempo. Não depois que Nic terminasse de expor a verdade e esmagar Zeus.

6 comentários:

  1. ADOREI, GOSTEI, AMEI..TEVE MUITO SUPENSE, BOAS TRAMAS E MOMENTOS ROMANTICOS LINDOS. BOAS ESSAS AUTORAS. LI QUANDO SAIRAM NAS BANCAS.

    ResponderExcluir

  2. Eu nunca acreditei em feitiços de amor ou mágica até que eu vi um testemunho sobre uma mulher chamada Tiffany na internet depor sobre como um lançador de magias chamado DR KUMAR de (spellcasttemple@gmail.com) trazer de volta seu ex-marido que a deixou por outra mulher, e eu decidi entrar em contato com o homem para dar-lhe uma tentativa. Então, quando eu em contato com ele, ele me disse que ele vai trazer meu marido de volta para mim que eu deveria dar-lhe dois dias para fazer o casting da minha feitiço que eu fiz. Estou aqui para testemunhar que o DR KUMAR fez por mim realmente trabalhar para fora bom para mim, porque eu sou muito feliz agora com meu marido, porque depois que eu contactado DR KUMAR que prometem trazer de volta o meu marido para me que ele fez. Então, eu realmente não tenho muito a dizer sobre este homem, mas tudo o que tenho a dizer é que DR Kumar é realmente um homem poderoso e pode ajudar a lançar feitiços para trazer de volta um de, perdido, amante mau comportamento fora. Agora estou feliz e um testemunho vivo porque eu agora estou deixando feliz com a minha família. Então, se você precisar de alguma da sua ajuda que você pode entrar em contato com ele via e-mail SPELLCASTTEMPLE@GMAIL.COM ou WhatsApp ele em +2347051705853

    ResponderExcluir
  3. não consigo baixar.queria ler o primeiro

    ResponderExcluir

UMA DICA: PARA BAIXAR SEM PROPAGANDAS, CLICAR COM O MOUSE DIREITO NA CAPA E ESCOLHER A OPÇÃO ABRIR NOVA GUIA OU JANELA.
Não mando livros por email, os livros para baixarem é só clicar na capa. Abrirá o onedrive ou o Box. Então é só clicar no BAIXAR OU DOWNLOAD
Caso algum link não funcione mande um aviso para amoraosromances2@gmail.com