PROBLEMAS PARA BAIXAR- SIGA ABAIXO ORIENTAÇÕES

QUANDO ABRIR O BOX, CLICAR EM BAIXAR OUDOWNLOAD


MAS SE CLICANDO NÃO BAIXAR SIGA AS ORIENTAÇÕES ABAIXO:




ISSO, SÓ SE TIVER PROBLEMA, OU SE QUISER BAIXAR EM PDF



CASO TENHA PROBLEMA, POIS NÃO SEI O QUE ACONTECE COM O BOX QUE TEM LIVROS QUE CLICA NO BAIXAR E NÃO BAIXA, SIGA OS PASSOS ABAIXO:


O LIVRO BAIXARÁ EM PDF



QUANDO ABRIR O BOX CLICAR COMO SE FOSSE VERSÃO PARA IMPRIMIR ABAIXO



VAI FICAR ASSIM, COMO ABAIXO, É SÓ CLICAR NA IMAGEM DO DISKET E IRÁ BAIXAR COMO PDF





SE O LIVRO JÁ ESTIVER EM PDF, E VOCÊ FAZER ESSE PROCEDIMENTO, O SEU PC TALVEZ NÃO O LEIA. MAS É SÓ ABRIR O ARQUIVO E ELE VAI PEDIR PARA VC ESCOLHER O PROGRAMA, VC ESCOLHE ADOBE READER, E PRONTO, ELE VAI ABRIR EM PDF


SÉRIE PERIGO E PAIXÃO


Doce Perigo

Série Perigo & Paixão





Um italiano irresistível!

Para se livrar de ser chantageado por e-mail, o bilionário Alessio Baldini precisa de alguém que rastreie as mensagens. Todos indicam Lesley Fox, e logo ele entenderia o motivo. Desafiadora e audaciosa, ela se impõe à natureza inflexível de Alessio. E mesmo se esforçando para não gostar dele, Lesley não consegue evitar que seu coração bata mais forte quando Alessio está por perto.
Entretanto, render-se a essa paixão pode ter um preço alto.

Capítulo Um

Lesley Fox parou lentamente em frente à casa mais imponente que já vira.
Deixar Londres e viajar não custara muito tempo. Era segunda-feira, meados de agosto, e ela dirigira no contrafluxo. Ao todo levara uma hora para deixar o apartamento na populosa área de Ladbroke Grove e chegar a um lugar que parecia a capa de uma revista de decoração como House Beautiful.
Os portões de ferro forjado anunciavam o esplendor da propriedade, assim como a alameda pontilhada por árvores e as terras com gramados bem cuidados por onde Lesley dirigira.
O proprietário dali era riquíssimo. É claro que ela já sabia disso. A primeira coisa que fizera ao receber a proposta para esse trabalho fora pesquisar o homem na internet.
Alessio Baldini... italiano, mas residente no Reino Unido há muito tempo. A lista de suas várias empresas era extensa e ela pulara essa parte. O que ele fazia para viver não era da sua conta. Só quisera se assegurar de que o homem existia e que era como Stan descrevera.
Trabalhos conseguidos por meio de amigos de amigos nem sempre eram recomendáveis, principalmente na área de Lesley. Como seu pai costumava dizer, uma moça sempre devia ser muito cautelosa.
Lesley saiu do seu carrinho que parecia ainda menor no vasto pátio e se permitiu alguns minutos para olhar em volta.
O brilho de um dia de verão perfeito fazia com que os gramados, o bosque denso e as roseiras de encontro aos muros de pedra da mansão tirassem seu fôlego e parecessem quase irreais.
Aquela propriedade no campo era única.

Lesley obtivera alguma informação na internet sobre onde o homem morava, mas nada de fotos, portanto estivera despreparada para tanta ostentação de riqueza.
Uma brisa suave despenteou seus cabelos castanhos e curtos, e pela primeira vez Lesley se sentiu um pouco constrangida com a calça de combate, alpargatas e uma de suas camisetas mais desbotadas com o logotipo da banda de rock a que fora assistir cinco anos antes.
Esse lugar não parecia ser do tipo que tolerava gente malvestida.
Lesley desejou ter prestado mais atenção aos detalhes a respeito do homem que ia visitar.
Havia longos artigos a seu respeito, mas poucas fotografias, e mesmo assim ela as ignorara, mal notando os grupos de tediosos homens de negócios com seus ternos e o mesmo sorriso de superioridade de quem conseguira dinheiro demais na vida.
Lesley pegou o laptop no assento do passageiro e fechou a porta do carro.
Se não fosse por Stan não estaria ali nesse momento. Não precisava do dinheiro. Possuía o suficiente para pagar a hipoteca de seu apartamento de um dormitório, não se interessava em comprar roupas, pois não se considerava atraente para os homens e, em geral, eles também lhe despertavam pouco interesse, e também não ligava para férias longas e caras.
Seu emprego de tempo integral como website designer, criadora de sites na internet, pagava bem e, no que lhe dizia respeito, nada lhe faltava.
Seu pai crescera com Stan, o amigo irlandês de longa data. Stan praticamente a adotara quando ela se mudara para Londres depois da faculdade, e Lesley lhe devia muito.
Com sorte sairia da propriedade de Alessio Baldini logo.


Marcados pela Paixão

Série Perigo & Paixão






Unidos pelo trabalho... marcados pela paixão?

A fisioterapeuta Caprice Tregore tem de se blindar para encontrar o homem que jurara nunca mais ver. Ela precisa da ajuda de Luciano Duchelini, e pode imaginar o que ele pedirá em troca. Luciano quer que ela cuide da recuperação de seu irmão. Mas passar um tempo juntos foi apenas uma prova de que a atração ainda existe depois de tantos anos.

E, desta vez, Luciano não deixará de satisfazer seus desejos...

Capítulo Um

Caprice Tregore vestiu a confiança como se ela fosse uma capa protetora e marchou para dentro do The Corbett, o mais novo hotel cinco estrelas de Aspen, que um bilionário russo construíra um ano atrás para atender os ricos e famosos. Ela passou os olhos pelo seu interior, os sentidos trabalhando em sua plenitude.
Era um projeto palaciano de tirar o fôlego, com suas colunas de mármore, reluzentes pisos de granito e primorosas tapeçarias adornando as paredes maciças. O luxuoso local invernal para as elites era justamente o que ela de modo deliberado evitara pelos últimos sete anos. Se não precisasse desesperadamente de ajuda, não estaria pondo os pés naquele parque de diversões para os ricos e famosos.
Caprice circundou rapidamente o chafariz de três andares que dominava o centro do enorme saguão e passou os olhos pelos diversos assentos espalhados pelo lugar, à procura do belo italiano que fora encontrar. Com crescente irritação, não localizou ninguém que se parecesse com ele. Estaria o homem atrasado? Ou dera-lhe o bolo?
— Pontual como sempre, srta. Tregore?
A voz grave ecoando atrás de si, temperada com o inconfundível sotaque italiano, fez com que um arrepio de eletricidade lhe percorresse o corpo. Era a última reação que queria que aquele playboy despertasse nela, e recusava-se a tolerar mais um segundo que fosse dela!
— Pontualidade é uma das virtudes capitais dos negócios — informou formalmente, ao virar-se para fitá-lo com o sorriso profissional que aperfeiçoara com o tempo.
Por um segundo, tal sorriso ameaçou esmorecer, ao fitar-lhe os fascinantes olhos azuis em um rosto digno de um arcanjo. Ou seria do diabo?
Deus sabia que as duas coisas se aplicariam a Luciano Duchelini. Tal lembrete a fez empertigar-se de determinação.
— Uma citação de Don Marquis, mas você deixou o resto de fora — falou ele, sem qualquer humor naquela voz aveludada que ela, outrora, achara incrivelmente atraente. — Sempre insista nela com os seus subordinados.
— Eu não estava sugerindo que fosse...
— Não importa. Eu a vi entrar cinco minutos atrás. Sua presteza é preciosa.
Que ele soubesse exatamente quando ela entrara passou-lhe uma mensagem clara. Assim como o fato de ter permanecido escondido, fazendo com que ela desse a impressão de estar um pouco atrasada e apressada.
Que não era a impressão que ela quisera passar.
O Luciano que conhecera sempre estivera de cinco a dez minutos atrasado. Era uma questão de controle, e ela sempre compensara chegando exatamente na hora. Mas ele estivera ali, esperando.
Era uma tremenda surpresa. E um erro de cálculo da parte dela.
Sete anos atrás, Luciano fora o campeão mundial nas rampas de esqui, ganhando mais medalhas de ouro do que qualquer outro esquiador alpino antes dele, superando até o renomado pai. A única coisa para a qual ele chegava na hora eram as competições.
Fora provado que nenhum homem podia derrotá-lo nas encostas. Rumores circulavam de que sua ex-mulher lhe capturara o coração e o levara consigo para o túmulo. Que ele não se importava mais com ninguém além dele. Que vivia para o momento, no esporte e no prazer.

13 comentários:

  1. Não consigo baixar o segundo livro

    ResponderExcluir
  2. Gostei de "Doce perigo", adoro mulheres decididas,foi bom sair da mesmice da chantagem para casar e da ideia de mudar de visual para conquistar o cara.

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ler os dois e desisti. Não gostei! Lentos demais, muita narrativa poucos dialogos. Personagens muito inseguros e chatos.
    Marly Souza

    ResponderExcluir
  4. Li Doce Perigo . Faltou tensão na trama e química entre o casal, apesar do mocinho ser durão e a mocinha nada submissa .A historia tinha elementos para desenvolver melhor, mas, ficou parada.
    Os diálogos São bem construídos. Bonzinho.

    ResponderExcluir
  5. Marcados pela paixão, muito ruim. Tinha tudo para ser uma ótima história, uma pena.

    ResponderExcluir
  6. Marcados pela paixão, muito ruim. Tinha tudo para ser uma ótima história, uma pena.

    ResponderExcluir
  7. Li só o primeiro na expectativa de q ia ficar quente. Mas ñ ficou romance fraco, homem frio, mulher sem atrativos muito ruim. Nem me arrisco no segundo.

    ResponderExcluir
  8. Li só o primeiro na expectativa de q ia ficar quente. Mas ñ ficou romance fraco, homem frio, mulher sem atrativos muito ruim. Nem me arrisco no segundo.

    ResponderExcluir
  9. Marcados pela paixão não gostei, muito morno e sem graça, Faltou emoção. Não consigo baixar doce perigo.

    ResponderExcluir
  10. Marcados pela paixão não gostei, muito morno e sem graça, Faltou emoção. Não consigo baixar doce perigo.

    ResponderExcluir
  11. Marcados pela paixão não gostei, muito morno e sem graça, Faltou emoção. Não consigo baixar doce perigo.

    ResponderExcluir

UMA DICA: PARA BAIXAR SEM PROPAGANDAS, CLICAR COM O MOUSE DIREITO NA CAPA E ESCOLHER A OPÇÃO ABRIR NOVA GUIA OU JANELA.
Não mando livros por email, os livros para baixarem é só clicar na capa. Abrirá o onedrive ou o Box. Então é só clicar no BAIXAR OU DOWNLOAD
Caso algum link não funcione mande um aviso para amoraosromances2@gmail.com